O que é Sucessão Familiar (leia, mesmo que você não seja um empresário)

Avaliação do Usuário

Estrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativaEstrela inativa
 

 

 

O QUE É SUCESSÃO FAMILIAR (Leia, mesmo se você não for um empresário!)


Jose Carlos Martins F. de Mello
Consultor em Negociação

Por que você deve pensar em Sucessão Familiar?

Se você procurar na internet, não vai encontrar muitas consultorias que tratam do tema Sucessão Familiar. Você encontrará escritórios de advocacia e organizações (como a renomada Fundação Dom Cabral) que tratam do tema de Sucessão Familiar em Empresas e esse é um tema vital para a sobrevivência de um negócio.
Mas, um dia, o fundador de uma empresa decide refletir sobre o futuro do seu negócio. Ele se pergunta: como será a “passagem de bastão? Qual sucessor será o líder, o mais velho ou o mais capacitado? Eles terão partes iguais ou receberão de acordo com os seus méritos? Será o meu filho ou o filho do meu sócio?”
É sabido por todos: quando emoção, poder e dinheiro se misturam é necessário ter muito cuidado para não gerar conflitos. Essas dificuldades podem ser mais bem administradas pelo um planejamento da sucessão, garantindo um futuro saudável para o patrimônio da empresa e da família.
Cabe a pergunta: somente proprietários de empresas devem planejar a sucessão? Quantos conflitos você conhece em famílias não proprietárias de empresas? Quantas unidades familiares foram destruídas por conflitos envolvendo herança?
A conclusão é clara: Sucessão Familiar não é somente um tema para empresários! Pode ser um problema que aconteça em sua família mesmo que você não seja o fundador de uma empresa.

Crise de sucessão não é um problema somente de empresas

O fundador vem a faltar e não existe uma organização na família para definir como as coisas terão continuidade e nem como o patrimônio será dividido. É quando podem surgir conflitos que estavam ocultos sob a autoridade daquele que se foi. Descobre-se então que havia uma falsa sensação de harmonia, aguardando a falta da principal liderança para se transformar em um problema grave.

Pegos de surpresa alguns sucessores podem querer impor aos outros o que imaginam ser o cenário mais adequado para a sucessão e podem querer ainda acertar contas do passado. Os agregados podem influenciar complicando ainda mais o processo e tudo isso ocorre em um momento de grande descapitalização causado pelos impostos e pelas despesas de inventário, que dificilmente serão menores que 12% do valor somados de todos os bens.

O saldo é que muitas empresas não conseguem sobreviver e os sucessores podem sair do processo machucados emocional e financeiramente. Crises como essa podem acontecer somente em famílias de empresários?

Crise de liderança
Os sucessores passam a serem proprietários de um patrimônio e de uma sociedade. É uma sociedade imposta, e é provável que essas pessoas (ou algumas delas) nunca tenham tomado decisões em conjunto. É preciso fazer a transição de um negócio que pertencia a um dono – que mandava sozinho – para um negócio de vários donos – que passam a mandar em conjunto. Sem nenhuma preparação prévia!
Como todos se enxergam como donos e não como sócios é provável que não ocorra entre eles uma aceitação natural das novas lideranças. Na falta de um processo organizado para tomada de decisões negociadas resta o conflito onde todos acabam perdendo.
Crises como essa atingem somente em famílias de empresários?

Leia também: 6 CAUSAS DE CONFLITOS FAMILIARES

Você pode influir

A Sucessão Familiar pode ser um processo no qual você decide participar e influir, mas também pode ser um processo em que você pode não ter nenhum controle por um motivo simples: você não estará mais aqui. Esse motivo deveria ser mais do que suficiente para que as pessoas decidissem dividir seus bens em vida, mas não se vê muito isso. A pergunta é: por quê?
A Sucessão Familiar envolve assuntos muito pessoais e pode se tornar um processo de alta complexidade. Geralmente, família e envolvidos não conseguem separar a razão da emoção. Normalmente cada um busca seus interesses e acaba perdendo a visão macro do empreendimento e do problema.

O processo convencional

Algumas pessoas sabem das dificuldades e contratam uma sociedade de advogados para dirigir o processo. Às vezes dá certo, a divisão é feita e a sucessão é consolidada rapidamente e sem traumas.
Mas, e se falhar? A família pode desistir da sucessão em vida e aí existe uma grande chance de conflito futuro. A questão é: se não conseguiram resolver o problema agora, como será depois? Os advogados saem, recebem a sua parte a vida continua. E o problema fica para depois.

O processo HERANÇA SEM CONFLITO tem a solução para este problema.

Qual é a diferença entre a Negociação Familiar e o processo convencional?

No processo convencional os advogados se reúnem com quem planeja a sucessão e o orientam no sentido de transferir e dividir os bens de forma segura. Normalmente essa proposta é apresentada pronta para família que pode aceitar ou rejeitar a proposta. Algumas vezes a solução é aceita; em outras é imposta. Muitas vezes os outros familiares não participam do processo, apenas recebem uma proposta de divisão da qual não tiveram nenhuma participação. As chances de a proposta ser aceita de bom grado por todos não são grandes. Os podem ser “aceitas” no momento e questionadas depois.

O Processo Herança sem Conflito e a Ferramente Metaplan
A Negociação Familiar possui uma dinâmica diferente: a sucessão é negociada com a participação de todos os familiares. É um processo onde todos são ouvidos e a solução é construída pelos familiares com orientação de negociadores profissionais que utilizam técnicas consagradas de negociação desenvolvidas pela Universidade de Harvard, a mais prestigiada do mundo. Herança sem Conflito utiliza também a ferramenta METAPLAN, desenvolvida na Alemanha e muito pouco conhecida no Brasil. O objetivo é chegar ao fundo dos problemas através de discussões baseadas na confiança e na construção de soluções baseadas em consenso. Esta ferramenta tem sido aplicada à com muitos sucesso em consultoria organizacional na Alemanha há mais de 40 anos. 
Confiança, dignidade e construção de soluções negociadas! Essa é a forma que a Metaplan usa para solucionar problemas complexos nas empresas em muitos países é uma das ferramentas utilizadas no processo Herança sem Conflito.

Herana sem Conflito CONSULTE

 

 • Negociação

• Vendas Consultivas

• Compras

• Negociação para Líderes

• Herança sem Conflito

• Sucessão Familiar

• Finanças Pessoais

• Gerência de Carreira

• Gestão de Conflitos

• Desenv. de Equipes

• Coaching

• Liderança

© 2016 - VALOR AGREGADO CONSULTORIA - [31] 98504-1024